Notícias

2 de maio de 2016

Ministério do Planejamento autoriza concurso da Fiocruz

São 150 vagas efetivas para diversos estados do país.

Na última sexta-feira (29/4), o Diário Oficial da União (DOU) publicou portaria que permite a realização do concurso público da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou 150 vagas efetivas para cargos de níveis médio, técnico, superior e doutor.

A partir de agora, o órgão tem até o final de outubro para publicar o edital de seleção, que contemplará 21 vagas para assistente técnico de gestão em saúde, 61 vagas para técnico em saúde pública, 58 vagas para pesquisador e 10 vagas para o cargo de especialista. As remunerações são de R$ 3.418,81 para os cargos de níveis médio e técnico, R$ 6.780,28 para o cargo de pesquisador e R$ 16.867,00 para os especialistas.

O certame irá preencher os cargos em sua sede, no Rio de Janeiro (RJ), e nas demais unidades localizadas em Recife (PE), Manaus (AM), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Campo Grande (MS), Teresina (PI), Porto Velho (RO) e Brasília (DF).

ÚLTIMO CONCURSO

A última seleção promovida pela Fundação Oswaldo Cruz foi em 2014 e ficou sob a organização da Fundação Dom Cintra. Os aprovados foram convocados para trabalhar no Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Porto Velho (RO), Manaus (AM), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Brasília (DF).

O processo seletivo teve provas objetiva, discursiva (tecnologista, pesquisador e especialista) e prática (para alguns perfis de técnico), além de análise de títulos e currículo (tecnologista, especialista, pesquisador e analista) e apresentação do projeto de atuação profissional e defesa de memorial (pesquisador e especialista).


Com informações do JC Concursos


2020 - IMP Concursos - Todos os direitos reservados.