Notícias

28 de janeiro de 2021

Concursos PF e PRF: é possível se preparar para os dois?

Com pouco mais de 60 dias para as provas dos concursos da PF e PRF, muitos candidatos desejam fazer uma dobradinha.

Pensando nisso, o Blog do IMP Concursos bateu um papo com nosso professor e especialista Flávio Daher e traz para você uma análise do que pode ser feito e o que vale a pena focar nesse momento.

Vale ressaltar que a banca examinadora Cebraspe vai realizar os dois certames, e as datas de aplicação das provas têm apenas uma semana de diferença:

  • Concurso PF: 21 de março de 2021;
  • Concurso PRF: 28 de março de 2021.

• PREPARATÓRIO PRF

Então vamos lá!

Levando em consideração que as provas dos concursos da PF e PRF terão apenas uma semana de diferença, tendo em vista que alguns candidatos querem fazer as duas provas quais seriam as suas considerações?

Vamos analisar quatro situações!

Primeira: se o candidato já estava se preparando para as duas provas com antecedência não há problema.

Segunda: se o candidato não estava se preparando para nenhuma delas com antecedência então a tarefa de ser competitivo nas duas provas é bastante remota.

Terceira: se o candidato já estava se preparando para a prova da PF, deve manter o ritmo, não desperdiçar o repertório já adquirido de conhecimentos na tentativa de ter uma opção a mais de aprovação (ele deve procurar uma forma de interiorizar os conceitos principais das matérias específicas, que não legislação de trânsito – NOÇÕES DE FÍSICA, ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO, GEOPOLÍTICA BRASILEIRA, HISTÓRIA DA PRF  E DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA, e se dedicar integralmente à legislação de trânsito na semana entre a prova da PF e a prova da PRF).

Quarta: se o candidato estava se preparando para a prova da PRF ele deve escolher o cargo de Agente da PF, que conta com apenas duas matérias específicas (estatística e contabilidade). E como a data da prova da PF é anterior à da PRF ele não pode usar a estratégia de tentar assimilar a duas no intervalo entre as provas (mesmo porque não é possível se tornar competitivo em contabilidade em tempo tão exíguo).

Quais seriam os perfis dos candidatos que poderiam fazer as duas provas?

Não existe um perfil único, mas o mais indicado a fazer as duas provas é o candidato que já estava estudando com antecedência, já tendo eventualmente se testado em uma ou em ambas as provas anteriores das duas carreiras.

Sabemos que os candidatos que se preparam para carreiras policiais já estudam há algum tempo, faltando dois meses para as provas no que o candidato deve focar?

Neste momento a “situação ideal” é a do aluno que estava no “modo de revisão”. Ele já “fechou o edital”, ou seja, fez uma varredura de ponta a ponta, estudando todos os itens do edital, inclusive com a realização de um bom contingente de exercícios. Com menos de 60 dias para a prova esse candidato irá apenas revisitar os temas menos familiares e que necessitam de um reforço no entendimento e memorização.

• PREPARATÓRIO PF

Sabemos que alcançar o sucesso máximos nas duas provas é difícil, qual seriam as suas considerações?

Se o candidato já tem algum nível de preparação para qualquer uma das provas, esse é a prova que deve manter em foco: não desperdice o tempo já dispensado na assimilação de temas que caem apenas numa das provas tentando fazer o mesmo no outro certame – o candidato acabará não logrando êxito em nenhuma das duas provas. O segundo certame deve ser encarado como uma experiência, para futura tentativa, com uma visão já experimentada da prova.

Vamos fazer um RAIO X das matérias para os os concursos da PF e PRF.

Começando pela distribuição de matérias pelos cargos da Polícia Federal.

 Port.Adm.PenalL.E.R.L.Info.Const.Est.Cont.Arq.Bio.Fís.Qui.
Esc.XXXXXXXXXX   
AgenteXXXXXXXXX    
PapiXXXXXXXX XXXX

Agora, as disciplinas comuns aos concursos

  • Noções de direito administrativo.
  • Noções de direito constitucional.
  • Noções de direito penal e de direito processual penal.
  • Legislação específica.
  • Língua portuguesa.
  • Raciocínio lógico-matemático.
  • Informática.

Concurso PRF disciplinas específicas:

  • Noções de física.
  • Ética no serviço público.
  • Geopolítica brasileira.
  • História da PRF.
  • Legislação de trânsito.
  • Direitos humanos e cidadania.
  • Língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Concurso PF disciplinas específicas:

  • Estatística.
  • Contabilidade.

Se pudermos falar em rotina de estudos, quanto o tempo o candidato deve se dedicar ao concurso no qual está focado na preparação? E quanto tempo ele pode se dedicar as matérias do outro concurso?

O tempo que o candidato tem livre deve ser dedicado à preparação. Se o candidato já estava se preparando com antecedência para uma das provas não deve perder o foco. A depender do grau de novidade que são as disciplinas do outro concurso a tarefa de assimilá-las agora não é realizável.

Se o candidato já tem familiaridade com as disciplinas a divisão depende do quão avançada está a sua preparação para o concurso principal: ou seja, caso ainda reste boa parte do repertório que será cobrado em sua prova principal o tempo a ser dedicado com a “prova secundária” é proporcionalmente menor. Não é possível fazer uma orientação genérica e essa avaliação só é possível caso a caso.

• PREPARATÓRIO CARREIRA POLICIAL

Fazer provas anteriores ajuda na preparação?

A realização das provas anteriores é relevante por três razões:

Primeiro, as questões se repetem;

Segundo, a forma de questionamento da banca obedece a determinados padrões;

E por fim, a necessidade de elaboração de questões originais indica o aluno quais as partes da matéria deverão ser exploradas para formulação de arguições inéditas.

Veja também:


2021 - IMP Concursos - Todos os direitos reservados.