Notícias

6 de setembro de 2018

Edital do MPU é retificado pela segunda vez

Nova mudança impede que aprovados do DF sejam lotados no CNMP

O edital do concurso do Ministério Público da União (MPU) acaba de ser retificado pela segunda vez. Agora, a alteração trazida na edição do Diário Oficial da União (DOU), desta quinta-feira (6/9), veta a possibilidade dos candidatos aprovados do Distrito Federal serem lotados no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Na prática, foi excluída a oportunidade de aproveitar os candidatos que façam parte da lista de classificados da capital para nomeação no CNMP. Após a publicação, a Procuradoria-Geral da República posicionou-se, por meio de nota, onde esclarece que a mudança foi feita a pedido do Conselho.

RELEMBRE

O concurso do MPU foi retificado pela primeira vez nessa segunda-feira (3/9). A mudança foi publicada no DOU e trouxe alterações no conteúdo cobrado nas provas objetivas. Agora, passa a fazer parte do rol de Conhecimentos Básicos para todos os cargos a matéria: Promoção da Igualdade Racial.

Na prática, os candidatos que prestarem a prova para técnico e os que escolheram a de analista, terão de responder 50 questões que integram o grupo de Conhecimentos Básicos. Esse total será dividido da seguinte forma:

– Língua Portuguesa;

– Acessibilidade;

– Ética no Serviço Público;

– Legislação Aplicada ao MPU e ao CNMP;

– Promoção da Igualdade Racial.

A banca organizadora, Cebraspe, não divulgou a quantidade de questões que, de fato, cairão em cada área. Com isso, não se pode adiantar qual das disciplinas terá maior peso. A aplicação das provas ocorrerá no dia 21 de outubro.

Além da inclusão, a retificação também traz a retirada do subitem 4.3.2 do edital de abertura do concurso, onde consta: “O candidato que não assumir o cargo quando da convocação pela listagem geral será retirado da referida listagem, passando a constar apenas na listagem por UF”.

FIQUE LIGADO

O novo concurso do MPU prevê 11 vagas para técnico administrativo, cargo de nível médio, cuja remuneração inicial é de R$ 7.772,80. Também há disponibilidade de 36 vagas para analista jurídico, cargo de nível superior com formação em Direito, com salário de R$ 12.169,89. Nos dois casos, já estão inclusos os valores do auxílio-alimentação.

Os interessados na oportunidade devem atentar ao período de realização das inscrições que ficarão abertas até 10 de setembro no site do Cebraspe. As taxas são de R$ 55,00 para nível médio e R$ 60,00 para nível superior. O pagamento do valor de inscrição deve ser efetuado até 1º de outubro.

Outro ponto que vale lembrar, é que os candidatos poderão inscrever-se para os dois cargos, já que as provas ocorrerão em turnos diferentes do mesmo dia.

PREPARAÇÃO

Prepare-se com quem mais aprova em Brasília e saia na frente da concorrência com o melhor time de professores do Brasil.

Conheça nossas opções AQUI!

 


2018 - IMP concursos - Todos os direitos reservados.