Notícias

25 de julho de 2018

Concurso MPU: órgão recebe propostas de bancas organizadoras

Publicação do edital ainda aguarda definição de orçamento para custeio do certame

Para quem tão ansiosamente aguarda o concurso do Mistério Público da União (MPU) 2018, não é hora de se desesperar! Nesta semana, a seleção teve importantes avanços. É que o órgão recebeu várias propostas de bancas organizadoras interessadas em estruturar o novo processo seletivo simplificado. Segundo a instituição, dentre as proposições recebidas, estão a do Cebraspe e a da Fundação Carlos Chagas (FCC).

No momento, a comissão responsável pelo certame verifica as propostas para chegar ao nome da banca. Porém, vale ressaltar que o orçamento para custear o concurso ainda não foi definido. Assim, qualquer novo avanço necessita da delimitação da origem da verba.

NOVIDADE

Nessa terça-feira (24), também foram divulgadas informações sobre as vagas ofertadas na seleção de 2018. De acordo com o MPU, foram confirmadas duas vagas imediatas, sendo uma para o cargo de técnico em Administração e outra para analista de Direito, além da criação de cadastro reserva.

As vagas de provimento imediato serão oferecidas por meio de ampla concorrência. Outro ponto que vale a atenção do candidato, conforme constam nas propostas do Cebraspe e da FCC, é que até 5.150 aprovados no cargo de técnico poderão integrar o cadastro reserva. Essa informação reforça a tradição do órgão de aproveitar com eficiência o banco de aprovados fora do número de vagas, como ocorreu em 2013, quando foram chamados 4 mil candidatos para apenas 147 vagas anunciadas inicialmente.

NOVO CONCURSO

No novo certame, o prazo de validade deverá chegar a quatro anos. Com essa duração, espera-se que muitos candidatos sejam convocados, já que o déficit de servidores na instituição chega a 1.688 cargos vagos.

PROVAS

A outra boa notícia é que a comissão do concurso também informou que os interessados no certame serão avaliados com provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. Quem for fazer a prova para analista de Direito, será submetido à avaliação discursiva.

A proposta do Cebraspe consta o modelo de 120 questões, divididas entre Conhecimentos Básicos (50) e Específicos (70). No caso da FCC, seriam apenas 60 que seriam distribuídas de acordo com o cargo. Para técnico, seriam 20 de Conhecimentos Básicos e 40 de Específicos e, para os analistas, 30 e 30, respectivamente.

A grande revelação é que, com base nas propostas das bancas, não haverá redação para o cargo de nível médio como uma das etapas do concurso.

PREPARAÇÃO

Antecipe seus estudos com os cursos oferecidos pelo IMP e garanta a aprovação no concurso dos seus sonhos. Temos novas turmas iniciando a partir de 1º/8. Conheça nossos cursos presenciais em Brasília:

MPU TOTAL

CURSO PARA TÉCNICO ADMINISTRATIVO (NÍVEL MÉDIO)

CURSO PARA ANALISTA ADMINISTRATIVO (NÍVEL SUPERIOR)

CURSO PARA ANALISTA JURÍDICO (NÍVEL SUPERIOR)

 


2018 - IMP concursos - Todos os direitos reservados.