Notícias

5 de maio de 2021

Como passei em um concurso público? Conheça mais uma história dos alunos do IMP Concursos

Há duas semanas, aqui no Blog do IMP, lançamos a série “Como passei em um Concurso Público?”. A série com uma sequência de quatro reportagens retrata as histórias de alguns de nossos alunos para alcançar o objetivo de ser aprovado em um concurso público. 

E como surgiu essa ideia?

Para quem não leu a primeira reportagem da série, nós vamos explicar como surgiu a série Como Passei em um Concurso Público? 

Brasília completou 61 anos, no dia 21 de abril, e a comemoração dessa data não podia passar em branco. Levando em consideração que a capital federal  também é conhecida por ser a capital dos concursos públicos, nossa ideia foi homenagear a cidade fazendo o que a gente mais gosta, ajudar e inspirar aqueles que estão estudando para concursos públicos. 

E Brasília é uma inspiração para nós e para muitas pessoas, entre elas, aquelas que anseiam com a carreira pública. Afinal, essa relação da cidade com o funcionalismo público, motiva a trajetória de muitos candidatos.

Então senta, que lá vem história!

Hoje vamos contar a história do Marcos Maciel, que nasceu aqui em Brasília e se formou em administração. Depois de ter trabalhado em uma empresa de consultoria de TI, optou por se dedicar aos estudos para concursos públicos. 

Uma decisão muito consciente, porque em casa ele sempre conviveu com os dois lados, tanto a iniciativa privada quanto a carreira pública. “A carreira pública foi meu objetivo a partir de 2014. Sempre tive os dois exemplos dentro de casa (carreira pública e iniciativa privada) e acredito que a influência materna e os benefícios que a carreira nos traz foram os maiores atrativos para mim”, explica ele. 

Como Passei em um Concurso Público? O começo do sonho

Iniciei meus estudos em um cenário não muito positivo para os concurseiros. Encarei a “escassez” dos concursos, tendo em vista que foquei em uma carreira específica. Fiz as provas do CNMP, STJ, ANAC, Instituto Rio Branco (utilizei esse como estratégia de estudo, focado na parte de português), ANATEL e ANVISA”, relata.

Depois de estudar aproximadamente 2 anos e meio, sempre no IMP Concursos, Marcos, em 2018, assumiu o cargo de técnico administrativo na Anvisa, onde está atualmente. Esse foi o primeiro concurso para o qual ele foi aprovado. 

Rotina de estudos até a aprovação

Estudo, atividade física e momentos de lazer. Para Marcos foi muito importante conseguir conciliar e equilibrar essas atividades. Quer saber mais? Confira o nosso bate-papo completo.

Quando começou a estudar para esse concurso?

Para o concurso da Anvisa especificamente, iniciei os estudos em junho de 2016, a prova foi realizada em dezembro do mesmo ano.

Quantas horas estudava por dia?

Em rotina sem edital, estipulei um estudo diário de 6 a 8h diárias (com intervalos), além das aulas noturnas. Nos finais de semana, diminuía a carga pela metade (3 a 4 horas) aos sábados e domingo não estudava.

Já com o edital, estudava sempre que possível. Voltava meu foco 100% ao conteúdo e cheguei a estudar 12h por dia.

Você dividia o estudo com outras atividades?

Sempre associei meus estudos com a atividade física. Esta sempre foi uma ótima válvula de escape para “desligar” minha cabeça um pouco. Aos finais de semana, também buscava uma forma mais leve para cumprir minhas metas (somente exercícios, provas, redações, leituras complementares etc.) e fontes de lazer. Já em ritmo de edital, renunciava a tudo isso e focava exclusivamente no conteúdo

Desde o começo você focou em uma carreira específica ou preferiu fazer vários concursos independente da carreira?

Desde o começo foquei nos concursos voltados para a carreira administrativa, mais precisamente para os cargos de analista administrativo das agências reguladoras.

Qual curso preparatório do IMP você fez?

Turma Platinum, no segundo semestre de 2015. 

Por que escolheu o IMP para se preparar?

O IMP sempre foi uma referência em cursinhos em Brasília, principalmente na carreira administrativa, meu foco quando iniciei o projeto. Tive amigos que fizeram e conquistaram seus objetivos utilizando os recursos que o curso oferece, então resolvi seguir os caminhos que eles traçaram.

Como você dividiu sua rotina de preparação no IMP Concursos e em casa?

Minha rotina sempre foi de aulas na parte da noite e estudo de manhã e de tarde. Como voltei meu foco 100% aos estudos, acordava cedo, estudava de manhã e de tarde, e à noite ia para o cursinho para cumprir a carga horária de aula na Turma Platinum do IMP.

Como o IMP te ajudou na sua aprovação?

Disponibilizando um quadro de professores capacitados e dispostos a ajudar sempre que fosse necessário. Os materiais, que facilitavam nossa busca por informações, e as instalações físicas adequadas para o dia a dia do concurseiro. 

Nunca tive perfil para estudar em casa, então o IMP me proporcionou o ambiente necessário para o estudo.

Veja também:


2021 - IMP Concursos - Todos os direitos reservados.