Notícias

6 de junho de 2016

Câmara aprova criação de 14.419 vagas em cargos federais

São 5.623 vagas de nível médio e 8.796 de nível superior em diversos órgãos

A Câmara dos Deputados aprovou, na última quinta-feira (2/6), 14 projetos de lei que tratam de reajustes e reestruturação de carreiras no governo federal. Dentro do pacote, uma das propostas prevê 14.419 vagas no funcionalismo público, para preenchimento por meio de concursos públicos. Destas, 5.623 são para cargos com exigência de ensino médio e 8.796 para carreiras de nível superior.

Somente para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), estão sendo criadas 1.500 oportunidades, sendo 1.045 para cargos de nível superior e 455 para a carreira de agente administrativo, de nível médio, cargo que também conta com 683 vagas criadas para a Polícia Federal.  Agora, os projetos seguem para serem apreciados junto ao Senado Federal.

Das 14.419 vagas criadas, 2.190 oportunidades são para a criação do novo cargo de analista técnico de planejamento e logística, para provimento junto ao Ministério do Planejamentos, Orçamento e Gestão (MPOG). O número do projeto de lei é o 4253/15.

Além dessas, a proposta cria 4.732 vagas para cargos técnicos educacionais junto ao Ministério da Educação, 3.000 para a Advocacia Geral da União (AGU), 52 para o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), 200 para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), 62 para a Imprensa Nacional, 683 para a Polícia Federal, 1.500 para a Polícia Rodoviária Federal, 516 para o Exército, 790 para a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), 234 para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e 460 para  o órgão Central de Sistema de Pessoal Civil (Sipec).

Não perca tempo e comece a estudar agora. Conheça nossos cursos! 🙂

Fonte: JC Concursos


2020 - IMP Concursos - Todos os direitos reservados.