Notícias

10 de dezembro de 2018

Concurso AGU terá provas remarcadas

Esse domingo (9) estava marcado como o dia de realização das provas da Advocacia-Geral da União (AGU), mas as avaliações foram canceladas para os candidatos que optaram pelos cargos de administrador, arquivista, contador e técnico em assuntos educacionais. Nas cidades de Cuiabá (MT), Florianópolis (SC) e São Luís (MA), os cadernos dos exames não foram recebidos a tempo e os concursando precisaram ser dispensados.

Segundo o instituto, as provas ocorreram normalmente no restante do país, mas para que a integridade do concurso fosse mantida, optou-se por cancelar as provas do período matutino.

Ainda no mesmo dia, a banca do certame, o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), posicionou- se por meio da publicação de uma nota oficial no site institucional. No documento, a organizadora afirma que os problemas ocorridos foram decorrentes da entrega com atraso “pelo operador logístico responsável pelo transporte aéreo” dos cadernos de provas.

No texto, o Idecan comenta que “nenhum candidato será prejudicado”. Para isso, a banca fará uma reunião com a comissão organizadora da seleção ainda nesta semana com o objetivo de definir a nova data das provas para os cargos que teriam a aplicação no turno matutino. Até o momento, ainda não previsão de quando será feita essa divulgação.

Confira a nota oficial do Idecan na íntegra!

OPINIÃO DO ESPECIALISTA

De acordo com o professor do IMP Online João Trindade, mestre em Dir. Constitucional pelo IDP e doutorando em Dir. Constitucional pela USP, o posicionamento mais correto a ser adotado é a remarcação das provas para todos os candidatos dos quatro cargos afetados pelo cancelamento. “[…] Em respeito à isonomia, a solução nesse tipo de situação em concurso público (ENEM e OAB são outros modelos) é a anulação de todas as provas aplicadas naquele turno/cargo afetado, e realização de novas avaliações”, explica.

Ele complementa que “não há como, nesse modelo de prova, fazer questões de igual grau de dificuldade, que possam ser comparadas entre quem fez uma prova e quem fez outra”.

PRÓXIMO PASSO

Agora, os candidatos dos quatro cargos afetados pelo cancelamento devem aguardar a nova marcação das provas objetivas e discursivas. O concurso recebeu 50.482 inscritos. Do total, 26.472 inscrições foram apenas para analista técnico administrativo, representando o cargo mais disputado.

A seleção traz a oferta de 100 vagas, todas de nível superior, para os cargos de administrador (48), analista técnico-administrativo (10), arquivista (2), bibliotecário (1), contador (32), técnico em assuntos educacionais (2) e técnico em comunicação social (5).

SELEÇÕES ANTERIORES

O último concurso foi feito em 2015 e organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe.

Nessa edição, foram disponibilizadas 84 vagas para Advogado da União, que cobrava graduação em Direito e prática forense comprovada de dois anos.

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas aplicadas em todo os estados do país, incluindo o Distrito Federal. Os aprovados iniciaram com uma remuneração de R$ 17.330,33 e regime de trabalho de 40 horas semanais.

Em relação à área operacional, a AGU realizou concurso em 2014 com 60 vagas para os cargos de Analista e Técnico com lotações na sede, localizada em Brasília, e na Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR). Para essa seleção, a banca selecionada também foi o Idecan. Confira como foi feita a distribuição do quantitativo de vagas:

– Analista de Sistemas (nível superior em TI): 10

– Analista Técnico Administrativo (nível superior em qualquer área de formação): 34

– Bibliotecário (nível superior em Biblioteconomia): 3

– Técnico em Comunicação Social (nível superior em Comunicação Social – Jornalismo): 3

– Técnico em Contabilidade (curso técnico de Contabilidade): 10

Recentemente, o órgão noticiou que 71 pessoas aprovadas foram nomeadas no certame de 2014, sendo que eram apenas 60 vagas previstas inicialmente. A informação reforça a expectativa de que haja uma nomeação de classificados sempre maior que o número de vagas de provimento imediato.


2019 - IMP concursos - Todos os direitos reservados.